top of page
  • Foto do escritorLetícia Eduarda

A descoberta do Caminho do Peabiru

Urandir explica sobre a 'Terra sem mal' 


Foto: Prefeitura de Peabiru

O Caminho do Peabiru é uma rota histórica que liga o Oceano Atlântico ao Pacífico, passando pelo Brasil, Peru e outros países da América Latina. O nome "Peabiru" vem do guarani, significando Pe - caminho e abiru - grama amassada. A rota foi utilizada por indígenas brasileiros e primitivos povos andinos há mais de 3 mil anos, e foi utilizada também por europeus, como os portugueses e os espanhois, em busca de ouro e prata.


Urandir começou a pesquisar a estrada do Peabiru quando ainda era jovem, com cerca de 17 ou 18 anos, após seu amigo misterioso despertar sua curiosidade, comentando sobre umas estradas antigas no litoral paulista, Urandir foi com sua equipe, procurar com as coordenadas de seu amigo: "ele pediu para ir no litoral paulista, começamos em São Paulo na estrada real e subimos para Paraná, Santa Catarina identificando tudo". 


O Caminho do Peabiru é composto por vários trechos que se ramificam em diferentes direções. Um dos principais trechos é o que liga Cusco, no Peru, ao litoral brasileiro na altura da Capitania de São Vicente, se estendendo por cerca de 3.000 quilômetros. Outros trechos incluem a rota que ligava o norte e o sul do Brasil, da Lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul, até a Amazônia, conhecida como "parejhara".


"Existe essa estrada em todos os lugares e dá para o mesmo lugar ela sai do litoral brasileiro pega toda a América do Sul e vai direto para Amazônia", explica o pesquisador, a rota foi utilizada para facilitar as migrações religiosas do povo guarani e outros povos, além de permitir o acesso a diversos pontos durante a colonização do sul do país.




Comentarios


bottom of page