top of page
  • Foto do escritorDakila News

Equipe de Dakila Pesquisas firma parcerias com Autoridades de Cachoeiras de Macacu

No decorrer deste mês de abril, a equipe de Dakila Pesquisas empreendeu uma jornada até o Rio de Janeiro, dando continuidade às suas investigações sobre o histórico Caminho de Peabiru.


Aproveitando a estadia no Rio de Janeiro, o local Paulo Matozo estendeu um convite à equipe para explorar as maravilhas de Cachoeiras de Macacu. Inicialmente, a equipe direcionou-se à região com o objetivo de realizar uma análise preliminar e estabelecer contatos fundamentais com algumas secretarias do município.



O Secretário de Desenvolvimento Regional, Indústria, Comércio, Ciência e Tecnologia, Renato Marins, teve a gentileza de acompanhar a equipe até o mirante da cidade, ao lado de Paulo Schiavo, responsável pelo Turismo (Macatur); Aline, Secretária do Meio Ambiente; Urano Salvaya, Assessor Executivo; e Lucas Carvalho, Engenheiro/Topógrafo.


Durante a visita, a equipe ainda foi conduzida a duas impressionantes ruínas de igrejas, a saber, a Igreja da Santíssima Trindade e a Igreja de São José da Boa Morte. O secretário Paulo Schiavo, expressou sua intenção de transformar essas ruínas em pontos oficiais de cultura e turismo na região.


Importante mencionar que Paulo é também, reconhecido por seu profundo conhecimento da história local, desempenha um papel fundamental na identificação e preservação dos antigos caminhos e trilhas da região. Entre elas, destaca-se a Trilha do Ouro, cujo legado histórico remonta aos tempos áureos da mineração no Brasil. 


A equipe de Dakila Pesquisas teve o privilégio de contar com o apoio e a hospitalidade da Pousada Tekoá Indiana, onde foram calorosamente recebidos pelos proprietários, Anselmo Rangel e Eliete Nemy Mourão, assim como pela equipe de funcionários.


Em uma noite memorável, um jantar foi oferecido na pousada, com a presença ilustre do Secretário Renato Marins e do renomado cineasta Ricardo Favilla.



O ponto culminante da noite foi marcado por uma emocionante surpresa e pela consolidação de uma parceria, quando o Secretário Renato presenteou a equipe de Dakila, com o Atlas de Cachoeiras de Macacu. No atlas fornecido, diversos caminhos são destacados, servindo como indícios potenciais do lendário Caminho de Peabiru, principalmente o Caminho do Ouro, que aparenta ter todas as características desse caminho. 


Isso porque, dependendo da região e da época essa estrada de Peabiru recebia um nome distinto, sendo assim ele também pode ser encontrado como o Caminho sem mal, Caminho dos jesuítas, Caminho sagrado, Caminho dos Incas, Caminho do Imperador, Estrada Real, entre outros.  Essa descoberta alimenta o entusiasmo em torno do Projeto Caminhos de Macacu, evidenciando que algumas dessas trilhas ancestrais podem, de fato, ser parte integrante do enigmático trajeto do Caminho de Peabiru.


Comments


bottom of page